Como fazer um arroz e feijão de dar água na boca?

//Como fazer um arroz e feijão de dar água na boca?

Como fazer um arroz e feijão de dar água na boca?

Não adianta, o arroz e feijão é o clássico brasileiro. Está diariamente no prato dos brasileiros, é figurinha garantida no PF e um dos primeiros sabores que fazem a gente sentir saudades quando estamos a quilômetros de distância.

Mas a combinação não é apenas deliciosa, é também muito nutritiva. O arroz é uma importante fonte de cálcio, já o feijão, de proteína vegetal. E os dois ainda são ricos em vitaminas do complexo B e ferro. Também são complementares em aminoácidos essenciais para o bom funcionamento do organismo – o que não tem em um, tem no outro.
Nutricionistas afirmam que comer entre duas e três colheres de sopa de arroz diariamente e uma concha e meia de feijão já é suficiente  e não traz ganhos de peso significantes para quem ingere.

Mas você sabe como fazer um arroz e feijão de dar água na boca? Confira as dicas:

Arroz*

Cuidado com a quantidade de água! Cada xícara de arroz branco deve utilizar duas de água para cozinhar. No caso de arroz integral, a proporção passa para uma xícara de arroz para três de água.
O ponto do arroz é quando quase toda a água evaporou da panela, mas ainda há um pouquinho. Você ainda deve estar vendo vapor sair das laterais.
Quando estiver no ponto, desligue o fogo e tampe a panela por 20 minutos. Esse tempo vai terminar de cozinhar os grãos e deixá-los soltinhos.
Não mexa o arroz durante o cozimento! Mexer pode machucar os grãos e fazê-los romper, criando aquele efeito de papa que ninguém quer.
Você pode acrescentar um pouco de salsinha, cenoura ou tomates picados para acrescentar sabor ao prato depois de pronto.
Para pratos específicos você pode acrescentar ainda curry, noz-moscada ou até pimenta dedo de moça no tempero.

Feijão**

Deixar o feijão de molho na água por 12 horas antes do cozimento acelera o processo e ainda evita a formação de gases no organismo após o consumo. Se você não tiver esse tempo todo, duas horas já ajudam.
Antes de colocar de molho, espalhe os grãos em uma mesa e cate os ruins. Eles normalmente estão quebrados ou têm cores diferentes do que você escolheu – branco, vermelho ou preto.
A proporção correta é de uma xícara de feijão para cada três de água. Você pode também ver a proporção no olho – a água deve dicar de quatro a cinco dedos acima do feijão na panela.
Adicione bacon, linguiça ou carne seca para conferir ainda mais sabor ao feijão. Mas lembre-se de que esses ingredientes já são salgados e por isso é necessário menos sal para temperar a receita.
Não esqueça da pimenta e da folha de louro. Elas conferem um sabor especial.
Se você quiser encorpar ainda mais o caldo, a dica é, na panela onde você refogar a cebola e alho, acrescentar um pouco de feijão e esmagá-los com a parte de trás da colher. Ao levar de novo para a panela de pressão, ele irá engrossar o caldo.
Para saber se o feijão está no ponto, pegue um grão e tente esmagar entre os dedos. Se você conseguir com facilidade já está pronto!

* Receita simples de arroz:

Refogue cebola e alho em uma panela com um fio de óleo.
Acrescente o arroz e mexa até dourar levemente os grãos.
Junte a água (fria ou quente) e salgue.
Deixe ferver até que a água tenha evaporado quase que na totalidade.

** Receita simples de feijão

Após retirar os feijões ruins, coloque-os em uma panela de pressão.
Deixe cozinhar por cerca de 30 minutos contados a partir do momento de pressão.
Em uma outra panela com um fio de óleo, refogue alho e cebola. Você também pode acrescentar aqui o bacon, a linguiça ou a carne de panela. Acrescente um pouco de feijão e esmague com a parte de trás da colher.
Retorne esse refogado para a panela de pressão.
Baixe o fogo e tempere com sal, pimenta e louro.
Deixe cozinhar por mais 10 minutos e pronto!

2017-12-09T02:03:24+00:00